(21) 3477-7777
Português France Italian English Spanish

VENHA CONHECER OS PRINCIPAIS MODELOS DE CORTINA

VENHA CONHECER OS PRINCIPAIS MODELOS DE CORTINA

O mercado oferece infinitas opções de cores, estampas, tecidos e modelos de cortina. A fim de facilitar sua vida e contar um pouco de cada modelo a Nova Gilgal apresenta os abaixo. Particularidade e praticidade são fatores que ampliam esse leque de opções. Para quem deseja fazer uma composição de cores, nossa dica é utilizar técnica de “" Ton Sur Ton “", sempre valorizando a decoração do ambiente pré-definida. A definição do local a ser fixada a cortina é o passo inicial. Para cortinas fixadas na parede, o varão é o mais indicado em contrapartida às cortinas fixadas no teto são indicadas às utilizações de trilhos. Os tipos de varões são: madeira, metal ou até mesmo de plástico. Já o trilho, o material é o alumínio podendo ter bando ou não. Ambos podem ser únicos, duplos ou triplos, isso vai variar de acordo com a quantidade de camadas que desejar. E pra ficar melhor ainda, é possível ocultá-los com cortineiros que pode ser de gesso ou madeira, podendo ser sobreposto ou embutido. O primeiro geralmente é utilizado para tetos que não foram rebaixados. Já o embutido equivale ao espaço deixado entre a parede e o forro, com indicação de 15 cm de pronfudidade. A altura ideal também vai variar de acordo com cada gosto pessoal, sendo mais indicado para salas de estar e jantar a cortina do teto ao piso, pois fica mais elegante e amplia o ambiente, deixando-o mais aconchegante e acolhedor. Há quem goste da cortina bem rente ao chão e outros que preferem que o tecido arraste um pouco. Nossa indicação é deixar de 1 a 2 cm o chão, assim ela apresenta um ótimo acabamento e evita que a barra a cortina fique suja com facilidade. É indicado fazer a limpeza periódica da cortina com aspirador de pó pelo menos uma vez por semana, e ao precisar lavar chame sempre uma empresa especializada.
Procure sempre profissional de confiança e com boas referencias, e ate a próxima dica .